Do primeiro trigo plantado ao misto quente

Você está aqui

Home / Curiosidades / Do primeiro trigo plantado ao misto quente

Curtidas

0

Comentários

0

Compartilhe:
Por Rainer Gonçalves

Se você já viu como o milho foi domesticado deve entender que o processo que levou o trigo ser plantado na África e na Ásia foi o mesmo seguido por seu parente americano. Entretanto o trigo oferecia um problema, os locais onde o trigo era plantado logo ficava seco e de lá nada nascia por vários e vários anos. Assim os antigos egípcios inventaram uma técnica que parecia bem eficiente, era chamada de "bina" , de forma que uma propriedade era dividida em duas, enquanto uma estava "descansando" a outra estava produzindo, e a cada ano isso se invertia. Mesmo que metade das terras não estivessem produzindo, isso garantia que as fazendas não secassem.

Na Idade Média, mais ou menos na época das cruzadas , inventaram a "trina" , a fazenda era dividida 3 três, uma parte plantava trigo, outra legumes e uma terceira descansava. A parte em que os legumes eram plantados não desgastava, afinal eles sugam outros nutrientes da terra. Com isso não só a produção aumentava, como esses legumes viravam comida de gado, aumentando o consumo de carne, permitindo não só o trigo, mas o presunto e o queijo para o nosso misto.

As próximas inovações chegariam somente nos dias de hoje, onde com a engenharia genética é possível se ter duas, e não somente uma colheita de trigo por ano, o que duplica a produção que havia antes. Além de técnicas renovadoras que não deixa a terra perder sua produtividade.

Foram milhares de anos, mas bem que o misto quente ficou gostoso.

Curiosidades