Batalha de Termópilas

Você está aqui

Home / Grega / Batalha de Termópilas

Curtidas

0

Compartilhe:

Termópilas é um desfiladeiro localizado na Grécia Central que serviu de palco para a batalha entre persas e espartanos. O conflito foi provocado pelo anseio do persa Xerxes de dominar o território e o povo espartano, o que foi negado pelo povo, juntamente com seu rei Leônidas.

Para o conflito, Leônidas encontrou grandes dificuldades já que o exército persa já se aproximava e os espartanos comemoravam as honrarias ao deus Apolo e o resto da Grécia comemorava os Jogos Olímpicos, o que impedia qualquer tipo de guerra naquele momento. Sem outros recursos, Leônidas partiu para o conflito com apenas 300 homens de sua guarda pessoal.

Apesar da desproporção entre os exércitos (301 espartanos contra 300 mil persas) os espartanos conseguiram repelir os primeiros ataques até que Efialtes, um pastor impedido de guerrear juntamente com Leônidas e seus homens, se aliou a Xerxes, como prova de seu ressentimento, e lhe mostrou um caminho desconhecido que levaria o exército espartano à Termópilas fazendo com que os persas cercassem os espartanos e os massacrassem violentamente.

Leônidas foi decapitado, crucificado e sua cabeça foi empalada. No local do conflito hoje, há homenagens a Leônidas bem como para todo o exército que, apesar de ser em minúscula quantidade se comparada ao exército persa naquele tempo, guerreou com coragem pelo seu povo e pelo que acreditavam. Num monumento de homenagem há os dizeres “Digam aos espartanos, estranhos que passam, que aqui, obedientes às suas leis, jazemos”.