Como é eleito o presidente dos Estados Unidos?

Você está aqui

Home / Idade Contemporânea / Como é eleito o presidente dos Estados Unidos?

A eleição para presidente nos Estados Unidos da América é indireta e feita por distritos
A eleição para presidente nos Estados Unidos da América é indireta e feita por distritos

Curtidas

0

Compartilhe:
  • Sistema político dos Estados Unidos

Nos Estados Unidos, o sistema político possui bases republicanas democráticas e está organizado como uma Federação, isto é, os 50 estados da nação têm autonomia política, apesar de estarem sob o jugo de um poder central: a União. Esse sistema foi concebido nos anos que se seguiram à Independência das Treze Colônias, que deram origem ao país. Todas essas colônias já eram autônomas na época, em termos de organização social e econômica, apenas dependiam da Coroa inglesa. Com o processo de independência, o modelo republicano federativo foi o que mais se ajustou à realidade delas.

O cargo político de maior estatura desse modelo é o presidente da República, que reúne em si as funções de chefe de Governo e chefe de Estado. Mas como o presidente é eleito? É o que veremos a seguir.

  • Estrutura da eleição para presidente nos EUA

Nos Estados Unidos, o processo de eleição para presidente da República não é como no Brasil, em que os milhões de eleitores aptos (que são obrigados a votar) vão às urnas e votam diretamente no candidato de sua escolha. Ao contrário, nos EUA, o voto é indireto, e a eleição é dividida em duas fases: as prévias, ou primárias, e o Colégio Eleitoral.

  • Inscrição dos candidatos e primárias

O processo da eleição presidencial nos EUA começa no primeiro semestre, quando os candidatos registram sua candidatura na Federal Election Commission (FEC) - “Comissão Federal de Eleição”. Os candidatos normalmente estão vinculados a um dos dois partidos que dominam a cena política nos EUA: o Partido Republicano, cujo símbolo é um elefante, e o Partido Democrata, que tem como símbolo o jumento.

Após o registro, os candidatos entram na disputa dentro do partido. A grande massa de eleitores vota, em seu distrito, para eleger os “delegados” (delegates) que vão representá-los na Convenção Nacional, a fim de definir qual candidato vai para a segunda fase. Atualmente, o Partido Republicano tem cerca de 2.470 delegados, e o Partido Democrata tem 3.630. Da eleição na Convenção, apenas um candidato de cada partido vai para a segunda fase, no Colégio Eleitoral.

  • Votação no Colégio Eleitoral

Após as prévias na Convenção Nacional, os dois candidatos de cada partido têm de conquistar os votos de outros delegados, denominados de electors, cujo número é bem mais reduzido que o de delegates. Ao todo, os EUA têm 538 electors, que são a soma de todos os deputados federais e todos os senadores, ou seja, para cada membro do Poder Judiciário, há um elector. O estado americano que mais tem electors, sendo, portanto, um dos mais disputados, é o da Califórnia, que tem 55 ao total. Essa eleição é realizada sempre na terça-feira após a primeira segunda-feira do mês de novembro. A posse do presidente e do vice-presidente eleitos ocorre em 20 de janeiro.


Por Me. Cláudio Fernandes