O que é Micro-história?

Você está aqui

Home / Idade Contemporânea / O que é Micro-história?

O papel do indivíduo na narrativa histórica
O papel do indivíduo na narrativa histórica

Curtidas

0

Comentários

0

Compartilhe:
Por Fabricio

Por Fabrício Santos

A história por muito tempo deu ênfase aos grandes “heróis”. Para alguns historiadores, a história era vista de cima para baixo e os grandes eventos ocultavam os personagens que também possuíam seu papel de destaque.  Essa história que ficou conhecida pelo seu caráter positivista por ausentar importantes agentes históricos nas páginas dos livros vem sendo superada desde o surgimento da Escola dos Annales.  

Carlo Ginzburg e Giovanni Levi são um dos historiadores que contribuíram para romper com a abordagem tradicional da história. A partir deles é que os historiadores tiveram a preocupação em analisar os fatos históricos dando importância também aos agentes tidos até então como figurantes.

A micro-história vai mostrar, por exemplo, que dentro da Revolução Francesa existiu um determinado camponês que teve importância dentro do processo de desencadeamento desse fato histórico, ou seja, os historiadores da micro-história vão ressaltar que não foi somente Napoleão Bonaparte o grande herói desse acontecimento na França.

Outro exemplo pelo qual podemos entender a micro-história é através da Segunda Guerra Mundial. Nesse fato histórico, nomes como o de Hitler e Mussolini tornaram-se protagonistas na produção dos livros e das teses nas universidades. Porém, após o surgimento da micro-história, o historiador pôde narrar a Segunda Guerra Mundial sob a visão de um soldado kamikaze japonês, que tinha uma visão interna dos pequenos detalhes da guerra. Através desse soldado, o leitor teve acesso a fatos curiosos e interessantes que, antes da micro-história, dificilmente seriam relatados nos livros.

Portanto, a principal característica da micro-história é analisar os “marginalizados” da história, isto é, aquele soldado de uma grande guerra, um determinado policial durante a ditadura militar ou a história de uma mulher durante uma greve trabalhista na Revolução Industrial.