A Descoberta da Austrália

Você está aqui

Home / Idade Moderna / A Descoberta da Austrália

Curtidas

0

Compartilhe:
Por Rainer Gonçalves

A Descoberta da Austrália

O capitão europeu James Cook foi quem descobriu a Austrália quando explorava o continente para o Reino Unido. A descoberta foi no dia 21 de agosto de 1770 e recebeu o nome de Nova Gales do Sul. A região já havia sido visitada por portugueses em 1522 e em 1525 e por neerlandeses no século XVII.

Foi postulada pelo geógrafo Ptolomeu que denominou o continente de Terra Australis Incógnita com a hipótese de ser fonte do rio Nilo. A terra australis provocava obsessão e imaginação aos navegadores que pensavam haver grandes riquezas de ouro e especiarias. Foi preciso quase 300 anos de viagens para que James Cook no final do século XVIII descobrisse a terra que hoje é chamada de Austrália.

Após descobrir que a terra australis não era as terras do sul, também a abandonou assim como fez os portugueses.
Somente em 1642 que a Austrália foi oficialmente descoberta. Um holandês chamado Abel Tasman chegou numa ilha ao sul da Austrália e então a chamou Tasmânia.

Em 1868, a terra descoberta foi usada para abrigar 168.000 ingleses que cumpriam pena, eram ladrões, trapaceiros e convictos. Em 1830, o envio dos ingleses já tinha sido suspenso e então passou a ser cobiçada pelos fazendeiros ingleses. Em 1851, foram descobertas grandes quantidades de ouro por todo o território, o que atraiu vários curiosos e gananciosos por fortunas.

Idade Moderna